quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Flor do Sertão Gerson Amaro

Flor do Sertão
Gerson Amaro

Ela era flor ...
Do começo ao fim
Sua educação
Um grande jardim
Um sorriso lindo
E sua atenção
Virou hoje tema
De mais um poema
De meu coração

Flor de sobrenome
Quase oração
O nordeste é lindo
Tens sua razão
Um flor tão linda
Fez morada irmão
Simples sobrenome
Simples que comove
Minha inspiração

Sou um jardineiro
Da escrita a mão
Planto poesias
Faço irrigação
O simples me encanta
Encantado então
Rosa sem espinho
Cruzou meu caminho
Rosa do sertão

Nenhum comentário:

Postar um comentário