quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Não levem a sério hahaha

 Minha dica 

Gerson Amaro 


Na minha casa tem um saco

Que tá sempre muito cheio 

Ninguém esvazia ele 

Pense num trem que tá feio 

Eu também não como nada 

Tô até emagrecendo 

Tô pensando em me casar 

Uma dicas eu vou dar 

Pra quem tá se oferecendo 


Oh mulherada 

Do meu Brasil 

Vai uma dica 

Nem tão gentil

Pra encaixar 

No meu perfil

Deixa minha barriga cheia 

E o meu saco vazio

sexta-feira, 20 de agosto de 2021

Oito ou Oitenta

 Oito ou oitenta 

Gerson Amaro 


Eu tô cansado deste oito ou oitenta

Como é que nóis aguenta esse extremo no país ?

Por todo lado tá faltando equilíbrio 

Meu país já tá sem brilho, e não tá mais tão feliz !

Não sou poeta, sou apenas um caipira 

Eu não rimo a mentira, minha moda é raiz  

Então quem sabe no meio de uma subida talvez seja a saída do jeito que eu tanto quis 


Quem é de esquerda não gosta lá da direita

Não tem padre que ajeita essa tal rivalidade 

Os da direita chinga quem é da esquerda 

Não concorda nem com a perda, no ganho de uma verdade 

Já se esqueceram que somos da mesma terra 

Então porque  essa guerra ? Meu Deus quanta crueldade 

Sou ambidestro, uma mão lava a outra 

Eu não visto uma roupa se tiver só a metade


E deste jeito nóis vamos tudo brigando 

E o tempo só vai passando, sem crescer nossa nação 

Nossos políticos,  brigam só de faz de conta

Depois juntam lá na ponta, criando corrupção 

Enquanto a gente briga então com todo mundo

Em Brasília vagabundo  disputa a eleição 

Bem na verdade eles gostam desta intriga 

Enquanto a gente briga, eles comem camarão 


Nem a esquerda,  direita ou centrão

Nenhum lá tem a razão, é o certo para mim  

Oque não pode é a gente como amigo 

Ficar como inimigo , do jeito que está assim 

Pois na verdade eles são só empregados 

São um bando de folgados, e isso é tão ruim 

O equilíbrio para minha é uma façanha 

E é no alto da montanha 

Que o início tem seu fim !

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

#encomenda *Encomenda

 Sai do meu pé

Gerson Amaro/Raul Rodrigues 


Ela pisou na bola 

Sentiu a pressão 

Agora arrependida 

Vem com essa de perdão 

Eu já perdoei 

Eu até já esqueci 

Já mudei de galera 

Tô abraçando o saci 


Sai do meu pé 

Me deixa em paz

Tô suave na nave 

Agora tô tanto faz 


Sai do meu pé

Agora eu tô de boa 

Tranquilo no esquilo 

Tô de boa na lagoa



Sua Indecisão

 Sua Indecisão 

Gerson Amaro


Você me procurou no Instagram

Curtiu as minhas fotos, como uma fã

Tá tendo este trabalho pra que ?

Se foi você que me pediu pra te esquecer ...

E me deixou sozinho, de manhã ...


Me enviou o seu bom dia então 

Um emoji girassol e um coração  

Não sei se eu respondo ou pergunto 

Se acabo então mudando de assunto 

Não sou fã de talvez, e nem de ilusão 


Por favor não me ilude outra vez ...

Não vem de novo com  o seu "talvez" 

Se sente uma queda , cai logo 

Mas se for outro jogo eu não jogo

Não vai fazer de novo 

O que você me fez ?


Eu ainda tô no mesmo lugar 

Não mudei e eu não mudo, ainda sei te amar 

Se vai se decidir, então decida 

Se é um grande amor, ou uma amiga 

A sua indecisão , eu não posso mudar

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Três Letras - Marcos Brasil / Gerson Amaro

 Três letras 

Gerson amaro 


A vida de um poeta 

É viver de inspiração 

Hoje me veio na ideia

Três letras e uma questão

Qual seria a importância 

Que  teria, a minha mão ?

Quanta coisa ela me faz ...

Sem nenhuma obrigação

Então eu abri mão de mim

E comecei pensar assim 

Rimando esta explicação 


Desde que vim neste mundo 

Ela foi minha direção

Em um colo, fui batizado

E ganhei minha benção 

Uma cruz em minha testa 

Me promoveu a cristão 

E foi segurando nela 

Que tive a minha comunhão

Quando tive meu cansaço

Ela me envolveu num abraço 

Me tirou da solidão 


Ela fez o meu café 

E também cortou meu pão 

Me levou para escola

Aplaudiu minha apresentação

Quantas chuvas enfrentamos

Sem nenhuma reclamação

E nas  ruas atravessando

Foi a minha proteção 

Me mostrando os caminhos

Me livrando dos espinhos 

Deste mundo de ilusão 



Ela me repreendeu

Mudou minha opinião

Me ensinou que um amigo 

É diferente de um irmão 

Ela tinha pulso firme

Mais firme era seu coração

Me puxou pelas orelhas

Quando faltei com educação 

Era um puxão arrependido

Mas eu  tinha aprendido 

Muito mais que uma lição 


E na minha faculdade 

Um lenço molhado na multidão

Meu diploma, na verdade é dela 

E dos calos nesta mão 

Quantas noites mal dormidas

Com tanta preocupação 

O suor de uma vida 

Derramados pelo chão

Trabalhava noite e dia 

Mas sua maior alegria 

Era a minha satisfação 



São três letras que eu choro

Na batida de meu coração 

Talvez achou que meu poema 

Era pra três letras que tem a mão 

Me perdoe a ousadia

E toda essa distração 

Na verdade são outras três 

Maior que uma constelação 

MÃE , que até Jesus quis ter uma 

E que nem todos os poemas 

O mundo e o tempo resuma 

A minha eterna GRATIDÃO

quinta-feira, 5 de agosto de 2021

Ronaldo Feitosa

 TUDO QUE LEMBRO DE MEU PAI



MEU QUERIDO PAI , MEU AMIGO PREFERIDO
MEU VELHO MAIS QUE QUERIDO , HOJE QUERO AGRADECER
NESTE DIA QUE HOMENS  INVENTARAM
E QUE OS PAIS HOMENAGEARAM, JAMAIS PODIA ME ESQUECER
ME LEMBRO DE VOCE ME LEVANDO NA ESCOLA
A MINHA SACOLA ? ERA UM SAQUINHO DE ARROZ
ME LEMBRO DE NOS INDO DE MÃOS DADAS
CAMINHANDO PELAS INVERNADAS, PELOS CAMINHOS DOS BOIS
ME LEMBRO DO PRIMEIRO PRESENTE, UM CAVALINHO INOCENTE
QUE ME FEZ  DE UM VELHO CABO DE ENXADA
ME LEMBRO TAMBEM , SENDO CARREGADO EM SEUS OMBROS
ME LIVRANDO DOS ESCOMBROS, ME LIVRANDO DAS CILADAS
ME LEMBRO DE NOIS SAINDO CEDO DA FAZENDA
PRA FAZER COMPRA NA VENDA DO BELMIRO PORTUGUES
O SENHOR ME COMPRAVA PAÇOCA
E UM PACOTINHO DE PIPOCA , ALI ATÉ EU ERA FREGUES
ME LEMBRO DOS PASSEIOS DE CARROÇA ,
NOSSA VIDA LÁ NA ROÇA , MEUS DEUS QUANTA SAUDADE
HOJE MEU VELHO , MEU PASSADO É PRESENTE
E MEU FUTURO LÁ NA FRENTE , É SER SEU ESPELHO E SUA HUMILDADE
LEMBRO TAMBEM DAS PESCARIAS , MEUS DEUS QUANTAS ALEGRIAS
A GENTE PESCAVA CONTENTE
LEMBRO DAS NOITES ENLUARADAS , E AS HISTORIAS CONTADAS
QUE DIVERTIA A GENTE


LEMBRO DO SENHOR  EM TODO MOMENTO
O SENHOR SEMPRE FOI NOSSO SUSTENTO
ESSA LAGRIMAS NÃO MENTE

QUE VOCE POSSA TER ESSA ALEGRIA DE ABRAÇAR SEU PAPAI
NESTE DIA DOS PAIS
E SEU SEU PAI JÁ ESTA NO CÉU , AGRADEÇA , TIRE O CHAPÉU
LEMBRE SEMPRE OS MOMENTOS BONS COM MUITA SAUDADE
POIS SÓ SE TEM SAUDADEDO QUE FOI BOM

FELIZ DIA DOS PAIS

segunda-feira, 2 de agosto de 2021

velho guerreiro

 VELHO GUERREIRO

Claudiomar Lisboa / Gerson Amaro

Casinha na beira da estrada
Buscou hoje a recordação
Hoje lembro passado com ela
Recordando com muita emoção
Ao passar na porteira da vida
Vi tão logo minha certidão
Um engenho velho ali largado
Que hoje engenha só o meu passado
Esmagando o meu coração

Um arado de boi então vi
Tiradeira de pau e pereiro
Vi um carro de boi ao seu lado
Com a canga e canzil estradeiro
Via  brocha de couro jogada
Vi a mesa  e o taboeiro
Eu lembrei meu papai com trançado
Eu com  o rosto já meio molhado
Um lagrima caiu primeiro

Pro roçado então eu  desci
Contemplei  velho  canavial
E a roça de milho plantada
Na infância era o nosso quintal
No chiqueiro tinha porco gordo
A fartura ali é normal
As galinhas e gado pastando
E sofrendo fiquei  relembrando
Na cidade isso não é igual

O progresso alcançou a gente
Nois tivemo que adaptar
Foi comprado então maquinário
O presente teimou em chegar
O meu pai já está tão velhinho
Não aguenta com nois labutar
Mostrou os maquinário comprado
Filhos hoje te dou meu  legado
Só me resta  vocês encarar

Recebemos a melhor herança
Que o dinheiro não pode comprar
O suor de meu papai querido
Neste terra ele não vai deixar
Hoje os filhos assume o comando
O papai já pode descansar
Obrigado meu velho  guerreiro
Tu pra sempre será o primeiro
Nesta terra nois vai labutar